2.3.09

CANCELLED

imagem: google
Venho por este meio anunciar o Cancelamento, encerramento, apagamento, whatevermento do 1º Grande Concurso da Choradeira do Outra Merda Qualquer visto apenas terem havido lágrimas aqui da Je, graciosamente provocadas pelo vosso desplante em nem sequer me terem ligado alguma (salvo duas excepções – PKB e CybeRider – sendo que apenas uma foi publicada e essa nem está a concurso e a outra foi “recusada” com base em achar que a PKB consegue muito melhor…). Por isso, e para que se sintam ainda pior, fiquem-se com o post que eu tinha criado para dar o pontapé de saída à coisa (ver posts mais abaixo…) mas que retirei após convocatória para rambóia. Repito afincada e veemente: NÃO PRESTAM PARA NADA. Tenho dito. A programação voltará ao “normal” quando me apetecer e me tiver passado a birra.
Fiquem-se com a história então. Não merecem!!!
-------------------
História verídica… Juro.
Há cerca de 15 anos atrás, tive o prazer de passar umas semanas de férias com a minha Querida Madrinha e respectiva família (muitas mais passei e passo desde então, mas aquelas foram especiais). Ela, sentindo o peso da responsabilidade de cuidar de mim e da minha irmã (da mesma idade que a filhota dela e ambas mais novas que eu), atribuía um rigor e “sargentismo” a tudo quanto era feito naquela casa. Nós, jovens e pouco afoitas a essas coisas, levávamos sempre a melhor e ainda nos divertíamos mais com a coisa. Um belo dia, estando a trupe a arrumar as coisas para ir para casa após dia na praia, vejo-a a correr tresloucada pela praia fora, aos gritos, em direcção ao mar. Pensamento imediato: onde é que ela vai? Não sabe nadar!!
Percebi que corria atrás de cão vadio que teria roubado o saco de praia da querida Madrinha e que agora procedia com valente mijadela contra o mesmo com ar assustado e encolhido a olhar para aquela mulher a esbracejar e a gritar pela praia fora. Duvido que tivesse terminado tarefa. Madrinha aproximou-se e arrancou wc portátil ao mijador em saco alheio, tentou pontapé na traseira no pequeno, falhou e ainda teve que se atirar ao mar, com ar enojado, para limpar produto da bexiga do canito. Enquanto isso, estava a trupe, alinhada ao topo da praia, a rir a bom rir e a pensar que se há coisas destas que acontecem, é sempre com a querida Madrinha.
Fomos para casa.
Metade de trupe foi às compras; restantes elementos (eu e Pai da Madrinha) fomos para casa. Chegamos e reparamos que não tínhamos chave. Aborrecidos até à ponta dos cabelos, lá pensamos em formas de entrar sem a dita cuja… É claro que tentamos as mais variadas coisas… Desde atar chaveiro a atacador de ténis para tentar abrir o trinco da porta pela caixa do correio (a física dizia-me que tal era possível… mas não foi), a tentar levantar o estore, valeu tudo.
Resignados e com estore bem encravado em posição que deixava antever serão de reparações, sentamo-nos à porta de casa mesmo a tempo de testemunhar vizinha que passeava um pit-bull terrier pela rua.
Perante o nosso espanto, essa mesma vizinha (a vaca) permitiu que besta de cão esvaziasse conteúdo de sistema digestivo memo à porta de nossa habitação, sendo que este espécimen (cão) em nada se assustou com berros de “não! não! aí não!”.
Vazio de intestino, lá prosseguiu viagem com a vaca da dona, deixando-nos com monte de presentinho quente mesmo à porta de casa.
Madrinha chega com restante trupe, reparar na merda que o cão fez e, em alto e bom som, declama: Tenham cuidado quando trouxerem os sacos das compras se não enchem-me a casa de merda!”. Ora pois claro. Escusado será dizer que todos nos portamos muito bem até ter chegado a altura de reparar a merda que aqui a Je tinha feito com o estore.
Querido Marido e Pai da Madrinha apoderaram-se das ferramentas possíveis e, com bastante afinco e delicadeza, lá tentaram reparar o coiso enquanto, festiva e graciosamente, iam carregando com vários centímetros cúbicos da já referida merda do cão da vizinha vaca para dentro de casa durante as viagens que iam fazendo para ir buscar mais ferramentas.
Nós as três, pequenas e renegadas ao sofá até à hora de jantar e perante fedor que nos enchia as narinas, nada dissemos. Nem nos rimos. Sabíamos que a Sargenta iria descobrir por ela.
Aguardamos.
Descobriu.
“Mas-vocês-não-ouviram-o-que-eu-disse?!?!-como-é-possível-terem-trazido-tanta-merda-para-dentro-de-casa-vocês-não-têm-cuidado-nenhum-olhem-me-para-esta-merda-era-só-o-que-me-faltava-porra-merda!!!”, gritou ela.
De balde e esfregona em riste, procedeu com limpeza geral à habitação enquanto, finalmente libertas, nos íamos rindo da trapalhada.
Para aliviar dia, à noite fomos sair para a praça central da cidade. Como era tradição, pedimos gelados, tendo-nos sido entregue nota para compra dos mesmos. Após aquisição e primeira prova, vejo Madrinha aproximar-se de mim com ar assustado, gelado a derreter pela mão abaixo.
“Ouve lá… vê lá o que é que eu tenho aqui na cabeça…”, pediu ela enquanto separava o cabelo e tentava ver o que era.
“Merda. Tens merda. De pássaro, mas merda na mesma”, respondi eu.
Perante olhos esbugalhados dela, larguei-me numa gargalhada tão grande que mal tive tempo para balbuciar “Um pássaro cagou na cabeça da Madrinha!”.
Restante trupe, atenta ao desenvolvimento nocturno, iniciou sessão de galhofa que obrigou restantes turistas a olhares de curiosidade. Rimo-nos até cansar. Já sem conseguir respirar muito bem e com gelado a tremer perigosamente devido a tanto riso, lá consegui dizer à minha Madrinha preferida (e única) que se alguma vez houve um dia de merda, este levava prémio.
Ainda hoje recordamos esta história e para sempre terei na memória a imagem da minha Madrinha a correr atrás de cão mijador à tarde, a limpar merda de cão cagante à tardinha e a levar com merda de pássaro com pontaria à noite.
Dia de merda de facto.
:)

28 comentários:

Cem disse...

Assumo

Não presto p'ra nada

mas que merda!!

esta devia ser a altura em que já me vês a chorar mas não, vou antes perguntar:
e que tal alargar o prazo?!!

É que nem toda a boa gente teve direito a umas fériazinhas!!

i u nô uat ai min?!

Me disse...

MAU!!!
Eu dei-vos tanto tempo! E este texto, o meu, não foi escrito nas férias...

I nô uat ú mín, bat I îam wid "birra".

Vão ter que pedir muito... muito mesmo.
humpf.

Cem disse...

tanto tempo?!

isso é sinal de gaja que não tem 2 rebentos "teen" e que nem sabe por que ponta começar os relatos dos seus dias!

e só de pensar explode em lágrimas
de RISO!!

I u on der ste d mi?! Oh birrenta!!

(e por falar neles,a d.t. do mais novo relembrou-me que ele já tem a caderneta completa!)

Me disse...

hehaheha!! mais uma...
o que não te falta é material!

arranja lá tempo, faz lá qualquer coisa, envia que depois logo se vê... vá. que hoje tou simpática. ou isso ou o facto de me ter deitado às 4 da manhã a tentar acabar trabalho das férias para o primeiro dia de trabalho após a mesmas deixou-me chonê.
pois...
*suspiro*

mas não digas a ninguém se não depois todos querem...

Cem disse...

shhh

eu sou um túmulo
e dizer só aos primeiros 100!

vou então agarrar-me ao material!

Me disse...

blabermouth
:)

CT disse...

Birrenta!

Me disse...

HUMPF!

PKB disse...

ainda bem que cancelaste...

CybeRider disse...

O rapazola liga-te e muito. Tenho cá vindo (quase) todos os dias. Já pensava que o teu blog tinha falecido. Isso sim que me faria verter umas lágrimas!

O que eu achei que tinha dito é que te dava a prioridade da publicação mas guardava o direito de publicar no meu. Como entretanto não aparecia aqui nada achei que não tinhas gostado tanto como tinhas dito na resposta, daí que o meu Carnaval ficou (um pouco)mais triste e não publiquei...

Fiquei contente de ver que estava errado.

Beijos, e força para nos continuares a abrir a cabeça!

Irremediavelmente Inconformado disse...

epa! não tenho andado muito inspirado para nada, mas sei que era capaz de fazer rir pelo menos!(sim, hoje estou muito humilde!)

anyway, se entretanto tiver algum rasgo, escrevo algo e envio-te!

quanto ao teu texto, provavelmente depois do que vou dizer agora vais passar a odiar-me (pelo que ja viste de mim, sou honesto e um poouco duro a dizer as coisas - sorry) mas já vi textos com mais piada. só soltei um "lol" quando li... mas foi melhor do que o "nada" que eu escrevi.... sem duvida :-#

até já...espero.

PKB disse...

Deixei-te um post no Passaroca.
Beijinhos!

Lizard King disse...

Fogo pá...desculpa lá mas primeiro enviei o mail e depois vi o cancelamento do big concurso :/

Olha apaga e finge que não enviei :P

Bem, agora o que interessa...excelente história de...merda Me..ehehhehhehehhehehehe

o que importa é que as férias eram animadas e deixaram lembranças que te fazem sorrir...mesmo em dia de birra :P

yensung disse...

Oh Me... mas olha que a birra te fica mêmo bem com a foto do blogue, hein?!

Ei, e eu não tenho nada a ver com essa birra, que a minha contribuição para a choradeira só se for daquela que faz arrancar as pedras da calçada. Assim tipo faduncho vadio. E eu Detesto fado! Argh...

Vá lá, desamua... os teus leitores nem da tua birra valemos a pena... anda lá.... plizzzz???

Ou achego-te com a colher de pau?!

:)

Piston disse...

Eu já pedi que me enviassem fotos da unha do dedo grande do pé e também ninguém me ligou nada!

Irremediavelmente Inconformado disse...

ja escrevi algo... envio a versao o1 para onde mesmo?

Assurancetourix disse...

Bem-vinda das férias D. Me! ;)

Aceito a birra e da parte que me toca, confirmo, não presto para nada, já me tendo encarregue da auto-fustigação! :P

Gata2000 disse...

Eu concordo em tudo com e Cem (e olha que foi dificil, a esta hora da manhã, perceber a parte dos i u nô, bla bla, bla).
Alarga lá o prazo que eu estou em grande produção...de merda, mas vá!Bjs

Me disse...

PKB,
Ainda bem que cancelei?? Não sei… talvez devesse insistir um cadito… talvez…
Já te respondi ao post lá no teu cantinho…


CybeRider!
Olá! Seja bem aparecido!
O que tu disseste no mail que enviaste era que querias publicar primeiro tu, no dia de carnaval! Eu esperei e tal… nickles! Publiquei eu! Sim, um cadito impaciente aqui a Menina…
E não, ninguém faleceu. Eu é que tive fora uma semana… também mereço bolas!!!
Obrigada, novamente, pelo envio do texto e por ligares muito aqui ao tasco
:)

Irremediavelmente Inconformado,
Oh, rapaz. Esquece lá isso que deves ter mais que fazer de certeza…
O texto que publiquei, obviamente, não estava a concurso. Tentei dar o pontapé de saída à coisa e também afastar um cadito a ideia de que a Choradeira teria de ser por motivos menos bons… Acredita que contada esta história faz rir mesmo. Ou isso ou tenho a mania de ser boa contadora de histórias…
Já escreveste algo??? Então: outramerdaqualquer@yahoo.com (mail no perfil aqui da Birrenta…)
Waiting….


Oh Lizard,
Porra, pá. Já li o teu texto… Gostei. Mais vale tarde que nunca, né? Vamos ver se ainda se arranja quórum para fazer uma reedição do afamado concurso…
;)

Yensung,
A minha mascote… bolas. Às vezes não sei se é ela que me representa a mim ou eu a ela… Vocês nem da minha birra são merecedores?? Hehahehaheha!!! Gosto dessa tua forma de argumentar as coisas… Psicologia inversa… ‘Tou-te a ver!!! loooolol!!

Piston,
Eu vi esse post… e quando vi, pensei que houvesse algum maluco ou maluca que realmente enviasse qualquer coisa. Nada? Nem uma unhaca mal cortada??? ‘Ta mal. Esta vida de blogger não é fácil… Mas olha, em compensação, o Finúrias/Tó Zé tem um blog onde pede que o pessoal envie fotos das sanitas. E não é que o pessoal envia mesmo??? Espanto! Temos de lhe perguntar como é que consegue esse tipo de colaboração… Hmmm….


Assurancetourix,
OLÁ!!!! Como vai, Bardo?! Há que tempos! Oh Gaulês, não te auto-fustigues, pá. É muito melhor quando temos ajuda de alguém…
;)


A todos… quem quiser que envie… quem não quiser, não envie. O resto depois logo se vê. Diplomacia acima de tudo.
:)

Me disse...

Gata 2000,
Oh Mulher!
Por quem sois!!!
Se 'tás com toda essa inspiração, quem sou eu para parar esse fluxo (oh valha-me caredo as coisas que vocês me obrigam a dizer...)

Manda! Manda! Manda!
:)

Piston disse...

Me, "Casas de Banho de Portugal". Também tentei.

Me disse...

Tens mesmo de falar com o Finúrias então...
:)

(tu és mesmo passado. sabes disso, certo? quer dizer, se de casas de banho não te enviam, iam-te enviar de dedos dos pés??? oh caredo, homem!)

Piston disse...

Eu fiz o downgrade. De unhas para casas de banho.

Me disse...

AHHHH!!!
muito melhor... muito melhor. em nada isso atesta a tua insanidade... hehahehaheha!!!
:)

PKB disse...

E eu já respondi à tua resposta! =)

(acho que podemos candidatar-nos a uma rúbrica do estilo "comentários trá lá lá")

Beijinhos!

Me disse...

e eu à tua...

e tu não me desafies!!! sabes perfeitamente que tenho o sonho de aparecer na rubrica trá-lá-lá...

;)

Finúrias disse...

Sinceramente também acho !

Vocês comentadores NÃO PRESTAIS PARA NADA!











lolllllllllllllllll

Me disse...

Finúrias,
Não prestais, não escrevais, não mereçais!

Oh valha-me caredais para esta bostais.

Lolais!!!