25.10.06

Só uma

Já alguma vez pensaram na problemática dos galos de capoeira que têm de conviver com as galinhas suas súbditas, galinhas essas que possuem a irritante mania de ir largando as penas, causando horríveis inflamações e unhacas encravadas aos nobres galos, coitados, infecções essas que obrigam a uma intervenção cirúrgica altamente delicada para a remoção da perna pestilenta e debilitada? Não? É que o real problema não está aí. Está, isso sim, em saber como raio é que o galo se aguenta numa só perna?! Pode parecer que não, mas esta tirada é real (sim, real e, ainda por cima, parece-me que quem a disse não precisa de acompanhamento psicológico… Medo! Muito medo!) e fez-me rir até me doerem muitas coisas ao mesmo tempo. Gostei. Ok. Talvez fosse preciso estar lá mesmo… em pessoa, a ouvir, a ver... ehh! Tudo isto para quê, meus caros e caras? Para dizer aos meus queridos e incontáveis (!) leitores que está tudo bem. Eu não vos esqueci! Eu não caguei no meu blog! (relembro que o blog é meu e eu digo o que quiser!). Prometo ir arranjando mais tiradas giras (ok, talvez mais giras do que esta…) para vos ir enchendo a vista e enchendo a cabeça com perguntas do tipo: mas quem é esta gaja, pá? que fixação é esta pelo Super Homem? será que deixei o fogão ligado? o que aconteceu à porra do galo? onde está a minha carteira/caneta/cadeira/camisa? ;) Até breve. Prometo (ai!)

1 comentário:

p disse...

ena ena… um post… uau…;)
o que se me afigura comentar, para além do facto de ter tido um bocadinho de medo ?
bom… vamos lá…
já alguma vez pensou, cara artista, na problemática dos bons e sábios leitores que têm que esperar pela inspiração dos ‘seus’ artistas, artistas esses que têm a bendita mania de irem publicando os seus textos, causando autênticos orgasmos intelectuais aos sábios leitores, sortudos, orgasmos esses que provocam uma profunda e maravilhosa sensação de prazer que causam uma dependência quase obsessiva e reincidente ? Não ? NÃO ??? ENTÃO CALA-TE… É que a verdadeira essência do problema, a real questão não é essa. O problema é, esse sim, reside em saber como raio é que o sábio leitor faz arroz doce à moda da tia Anica e, pior, porque é que os eléctricos não usam pneus… pois.

(querias ser a única não ??)

ps: nunca, mas nunca, se promete o que não se tenha a certeza absoluta de se poder cumprir (e não há ais que nos safem)

BJS