6.11.08

E?

Isto não anda lá muito famoso por estes lados… Excesso de tudo. Tudo mesmo. Ando com uma espécie de mau feitio latente que assusta. Assusta mesmo. E explico porquê. Situação hipotético-real-semi-inventada 1 – Gajo em carrinha peugeot entra à estrada, sem fazer pisca e obrigando o carro que ia à minha frente a uma violenta guinada e travagem.
Reacção hipotético-real-semi-inventada 1 – Apitar, buzinar, apitar mais um pouco… Enviar, com todo o amor e carinho, meia dúzia de insultos e perguntas sobre a existência de olhos, inteligência e capacidade de condução para o universo (vidros fechado… ninguém ouviu…)
Situação hipotético-real-semi-inventada 2 – Dizem-me que ando a precisar de descanso
Reacção hipotético-real-semi-inventada 2 – Refiro que o descanso é relativo e que nunca ninguém terá vivido melhor a vida por passar 10 horas por noite a dormir; acrescento que há coisas mais importantes na vida do que descansar, sendo uma delas arranjar coisas para nos cansar; adiciono um qualquer roncar, cruzar de braços e amuo de beiços e imagino a minha almofada a ser delicadamente enfiada pela boca da pessoa que me acabou de dizer o que disse.
Situação hipotético-real-semi-inventada 3 – Dizem-me que devia ter mais cuidado com a forma como falo e com o que digo
Reacção hipotético-real-semi-inventada 3 – Respondo que isso são tudo merdas sem nexo, que as pessoas gostam é de ouvir o que gostam de ouvir e não o que precisam de ouvir, acrescento um “vão todos barda merda” e retomo o que estava a fazer enquanto tento visualizar como seria passar os próximos 10 minutos a dar com a cadeira na cabeça de quem falou
Situação hipotético-real-semi-inventada 4 – Pedem-me para acalmar/ter calma
Reacção hipotético-real-semi-inventada 4 – !()#&&%!#”! !(/%#$! !)(#&/&$%!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Situação hipotético-real-semi-inventada 5 – Perguntam-me “’Tão, e ‘tá tudo bem contigo?”
Reacção hipotético-real-semi-inventada 5 – Responder com uma lista extensa de coisas que não estão bem, comparar com lista de coisas que poderiam e deveriam estar bem e depois devolver a pergunta para a outra pessoa responder por ela própria (chama-se a isto ser-se pedagogicamente correcto) e, porque consigo fazer mais do que uma coisa ao mesmo tempo, imagino a pessoa a receber um breve e leve esticão sempre que carregar no botão do “café curto”
Situação hipotético-real-semi-inventada 6 – Confidenciam-me mágoas e dúvidas existenciais e etcs
Reacção hipotético-real-semi-inventada 6 – Oh-pelo-amor-do-vosso-deus-deixem-me-em-paz-quero-lá-saber-dessa-merda-para-alguma-coisa-calem-se-não-quero-saber-de-nada-disso-porque-isso-são-tudo-merdas-sem-jeito-que-amanhã-estarão-resolvidas-depois-de-se-ler-a-secção-dos-horóscopos-do-sapo-deixem-se-de-cenas-e-parem-de-inventar-sarna-para-se-coçarem-foda-se-para-esta-merda-nunca-ninguem-anda-satisfeito-barda-shit
Situação hipotético-real-semi-inventada 7 – Dizem-me que AFINAL tinha razão em relação a A, B ou C
Reacção hipotético-real-semi-inventada 7 – !”/(#&%!$” !!!!!!!!!!!! »!”#>)(“&#$!$% !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! >”#$”##(/”#$$%!?=#(#/ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Situação hipotético-real-semi-inventada 8 – Dizem-me que me preocupo demasiado com as coisas, que penso demasiado nelas
Reacção hipotético-real-semi-inventada 8 – Largar um belo e redondo Foda-se, semicerrar os olhos, inclinar a cabeça, baixar a voz para um nível quase inaudível, levantar a sobrancelha esquerda e responder com um absolutamente sintético “E?”
Ehhh. Estes gajos é que têm razão: OrsonAnd I'd rather be anyone but Here
And any place else but Me.
I'll just climb inside my head a while
My demons have a date with me.”

15 comentários:

v. disse...

"tão", "tás" melhor... a última vez que te via andavas com ar cansado. Acho que devias acalmar e com isso teres mais tento na forma como falas com as outras pessoas. Sabes também já fui assim, preocupava-me demasiado com as coisas pensava muito nas pessoas, mas depois a A B e C portaram-se mal comigo e nesse dia ia tendo um acidente por causa de um tipo com uma carrinha peugeot.

Me disse...

:|

Me disse...

Situação hipotético-real-semi-inventada 9 –
Dizem qualquer coisa como: "tão", "tás" melhor... a última vez que te via andavas com ar cansado. Acho que devias acalmar e com isso teres mais tento na forma como falas com as outras pessoas. Sabes também já fui assim, preocupava-me demasiado com as coisas pensava muito nas pessoas, mas depois a A B e C portaram-se mal comigo e nesse dia ia tendo um acidente por causa de um tipo com uma carrinha peugeot.


Reacção hipotético-real-semi-inventada 9 –
Fornece-se resposta inicial simples e objectiva enquanto se fuma cigarro e se contemplam hipóteses. Decide-se não responder de modo mais efusivo. Espera-se que quem disse o que disse tenha encontro imediato com 14 carrinhas peugeot no seu trajecto para casa, todas ao mesmo tempo. Termina-se o cigarro.

Anónimo disse...

ès uma demente. bah, nuvem negra para ti

v. disse...

Posso escolher a cor das carrinhas peugeot?

O inconformado disse...

Na minha humilde opinião... acho que o teu problema é estares rodeada por demasiados opinion makers!

hehehehehehehe

Me disse...

Anónimo,
Elogiar-me nesta altura do campeonato não vale de nada...

V.,
Podes pois. Aliás, faço questão que o faças!! Oh por quem sóis!! Longe de mim estragar-te a experiência por falta de sentido estético!!
(smiley com a língua de fora para ti)

Inconformado,
Podes crer. Demasiados opinion makers e demasiado poucas opinions das boas... Ehhh.
:)

Anónimo disse...

demente

Me disse...

Obrigada
:)

illatonero disse...

pois há muita coisa q nos tira do sério... e isso prova q estamos vivos e não a dormir para a vida.Um pouco stressados talvez, mas vivos.

Me disse...

Illatonero,
Sim, é verdade... Assim sendo, eu estou viva, viva, viva... fresca, fresquinha... acabadinha de pescar... :)

São fases... ou estados... há quem diga que é prenuncio (ou prova) de demência... Mas pronto ;)

Obrigada pela visita e pelo comentário.
:)

v. disse...

Cheiras a peixe?

Me disse...

Exmo. Sr. V.,

Não.

Obrigada,

Me.

Ana disse...

Há dias em que nos apetece apertar o pescoço a meio mundo!
Beijinho e respira fundo!

Me disse...

Ana,
É verdade. A única pena que tenho é não ter mãos suficientes nesses dias...
Beijos!