1.1.07

Olá, 2007.

2007, olá. Prazer em conhecer-te. O novo ano chegou, trazido por uma meia-noite vestida de pompa e circunstância, barulhenta e efémera. Não comi doze passas. Não levei um par de cuecas azuis a estrear. Não usei nada de ouro no braço direito. Não me pus em cima de nenhum banco. Não fiz nenhum desejo. Nada. Apenas tirei uma fotografia à meia-noite. A meia noite chegou e eu apanhei-a. Só eu e ela. A meia noite chegou e eu não a coloquei num pedestal, segregando-lhe pedidos e vontades. Não lhe dei a importância que quase todos dão. Não fiz dela a rainha majestosa, capaz de tudo, que quase todos fazem. Houve um coloquial cumprimento, quase imperceptível. Eu já estava à espera dela. Ela nem se deve lembrar de mim. Apesar dos apesares, queria deixar aqui uma grande “bem-vindo ao mundo” ao nosso bebé 2007. Que sejas muito feliz e lembrado pelas melhores razões. O meu novo ano começou há uns meses atrás. A minha passagem. O meu novo princípio. O meu novo começo. Aí sim. Posso não ter tido uma meia-noite, nem festa de arromba nem champanhe. Mas que comecei algo de novo e muito bom, ai isso sim. A minha próxima passagem de ano vai ser um espectáculo. Não que esta tenha sido para esquecer… apenas não será lembrada pelas melhores razões. Talvez seja essa a minha única promessa para este novo ano: quando te fores embora, vou-te fazer uma digna despedida. Depois logo se vê o que se vai fazer com 2008. Bom ano novo para todos. Boa continuação para aqueles a quem as coisas já correm de feição. Olá, 2007. Sê bem-vindo.

3 comentários:

Anónimo disse...

eh eh
somos mm iguaizinhos rapariga
eu tb n fiz nada do que a maior parte da malta faz... nem cuecas, nem passas, nem desejos (excepto os habituais para o a.), nem copos, nem cadeiras, nem champanhe, nem espumante, nem fotos, nem fato de gala, nem nada...
é aquela merda... está convencionado q esta noite deverá ser A NOITE... para mim é mais uma, menos divertida q as outras... definitivamente
era bom que o inicio do ano civil fosse o concretizar de todos os nossos sonhos e desejos... mas nã... isso n tem nada a ver...
ainda assim...
bom ano para ti menina
bj

particula-RG disse...

Um excelente 2007 para ti!

2006 foi um ano especial...

Me disse...

2006 foi um ano muito especial. vai ser lembrado por ter sido o ano antes de 2007... tou a brincar! 2006 foi mesmo um ano cheio de... como é que hei-de dizer isto... fins e inícios. fins que acabaram bem. inícios que começaram ainda melhor. mas 2007 promete. especialmente porque os inícios continuam e os fins não voltarão mais... que poético. nem pareço eu... ahh... e não me esqueci de 2006 em revista... não me esqueci.
:)