4.7.08

Coisas que costumo dizer no trânsito – III

imagem: google
- Sai da frente, pá! (recorrente, constante e imprescindível) - Tens medo? Compra um cão! (em cima da ponte Marechal Carmona – Vila Franca de Xira, quando o pessoal tem medo de passar na faixa do meio por entre dois camiões) - Não me fazias isso, oh paspalho, se eu já tivesse o meu carrinho novo!! (quando alguém tenta ver se o saxo realmente dá mais que 150 km/h – não dá) - Mas o que é que foi!?!? (quando alguém buzina e sei que não foi para mim mas chateio na mesma se a pessoa tiver sido totó com outra. Chamem-lhe responsabilidade social) - Não está… Não está… Merda, estava vermelho (mania que os sinais têm de mudar de cor) - Não me passavas oh condutor de BMW M3 todo xpto seu eu tivesse o meu Leon novo!!! - MAS O QUE É QUE FOI???!!!!! (quando alguém buzina e sei que foi para mim mas chateio na mesma se a pessoa tiver sido totó comigo. Chamem-lhe responsabilidade social) - Vais travar? Não vais. Merda. Travaste. (a indecisão dos outros deixa-me perplexa) - ‘Tão e o pisca, migo? Uma figura de estilo, huh? (impressionante o uso que o pessoal faz da gramática portuguesa nas estradas) - Descobriste a buzina há pouco tempo não??? Larga essa merda!!!! (há pessoal que demora a saber onde é a buzina, depois não a larga) - Ai que sol tão bom a queimar-me o braço até ao osso. Quando tiver o meu Leon novinho também posso queimar o alto da pinha. Tem tecto de abrir! - Foda-se. Polícia. Já te ligo!!! (e às vezes até mesmo com auriculares faço isto… dahhh pra mim) - Que barulho é este? ARRGHHHGGG!!! (o saxo tem 250 mil kms… os barulhos são novos e surpreendentemente assustadores) - Vai devagar, pá. Olha que o chão é duro. (na auto-estrada quando algo passa por mim a velocidade tal que eu apenas posso assumir que seja outro automóvel e não um avião) - Quero o meu Leon 2.0 TDI!!! Quero o meu Leon 2.0 TDI!!! - Lembra-te que há ali um buraco. Lembra-te que há ali um buraco… Foda-se! (Lisboa, cidade linda) - Pois é Sr. Polícia. Agora não me manda parar. ‘Tou para ver se faz o mesmo quando tiver o meu Leon 2.0 TDI com vidros escurecidos! Cabrão! - Não vás por aí. Não vás por aí (quando vejo que alguém mal interpreta o Saxo branquinho por uma das linhas de separação de vias e me tenta atropelar) - Chega-te para lá, oh parvalhoso! (idem) - Será que depois vão pensar que o meu Leon 2.0 TDI é de um gajo??????????????? - Eh, pá. Eh, pááááááá. Eeeehhhh pááááááááááá!!!!! (variadas razões) - Não minha Senhora. Você estar parada no meio da faixa à espera que seja a sua vez de lavar o carro aí na bomba não é problema. Deixe-se estar que eu não me importo (acrescento sempre um “Vaca” só para dar mais drama à coisa). - Não, não devias estar aí. Aquele sinal vermelho com um traço horizontal não lhe diz nada? Não???? (sem comentários).
- MULTEM-ME!!! Quero lá saber! (demasiado frequente....) - Mas quando é que eu vou ter o meu Leon 2.0 TDI 170 cvs????!!!! Quero o meu FR!!!! (depois lembro-me que já está no stand à minha espera e fico mais tranquila). Esta vai para o Senhor Vendedor da Seat (Garagem Berna… passo a publicidade) que me tem aturado tanto ao longo dos últimos meses. Desde o Ibiza 1.9 até ao Leon FR (edição especial da qual só há 50 exemplares em Portugal e um é meu!!!!!!!!! Hahehahehahehaheha!!!!! Oh, felicidade!!!! Oh, alegria!!!!!), vimos tudo. Ficou este. Tinha de ser!
É o meu “pequeno” sonho a tornar-se realidade. O meu manifesto de puro amor por carros a sério. O meu manifesto pela enorme vontade de TER um carro a sério. Por isso, Sr. Vendedor, aqui fica um sincero agradecimento pela pachorra e paciência. O meu mais agradecido e sentido obrigada.

11 comentários:

Vitor disse...

Bela máquina minha cara!

Claro que falo do automovel.
E já que falamos do mesmo, dá-lhe os meus cumprimentos assim de uma forma estranha, quase a desejar-lhe boa sorte!

Me disse...

Oh, pá. É, de facto um belo pópó. Estou tão ansiosa para o ter que quase que não aguento. Tive que estar à espera do dinheiro da casa... e da escritura... e da aprovação do crédito... e das estrelinhas no ceu que brilham... bolas. Mas está quase. Está quase...
Eu mando-lhe uma palmada nas costas tuas assim que estiver novamente com ele... ;)
e o teu blog...? 'tá diferente, pá... ainda não decidi se gosto muito ou pouco. mas gosto....
:)

O Santo disse...

Essa tua mania pela velocidade e adrenalina preocupa-me... bastante...

Existem milagres que nem os Santos fazem...

Me disse...

Manias não se discutem...
Muito menos quando vêm sob a forma de beleza automóvel...
:)

Não te preocupes com nada Santo. Em época de férias, os milagres podem ser menores... e mais rápidos... O pessoal até nem os pede nesta altura!
Descansa que tá tudo suficientemente "amilagrado".
:)

O Santo disse...

A beleza e a adrenalina de um automóvel não te vão trazer aquilo que necessitas...

Me disse...

Hmmm... Mas ter um meio de transporte pode ajudar a que possa ir buscar o que necessito...

Vitor disse...

Uau um texto novo, e muito melhor de que aquele que falas em automoveis!

Me disse...

oh, pá!
Não tenho tempo!
Não consigo!
Eu sei. Mea Culpa, mea culpa... Mas não tenho conseguido mesmo arranjar um cadito...
Perdoem-me caros leitores.
Está para breve. Prometo.

O Santo disse...

Será mesmo que te vai ajudar?

A minha mama sempre me disse que as melhor coisas da vida não se procuram, conquistam-se...

Não necessitas de mais um adereço na tua vida...

Anónimo disse...

eu tb costumo dizer coisitas assim e outra mais....mas claro, nós mulheres é que não sabemos conduzir....nunca poderemos algum dia chegar aos calacnhares dos homens........coitados....inda têm que aprender umas coisitas....:)

beijo
Tixa

Me disse...

Santo,
Se há conquista feita aqui pela Je, este meu quase-bólide é exemplo disso. Meses e meses de espera... Meses e meses de negociação... Meses de tudo. Trabalho. Tudo. Conquistei-o todinho. E, já agora, gostava de saber como se conquista alguma coisa que não tenha sido primeiro procurada... Nada contra a sua Mãe, claro, mas desta feita...

Tixa,
Pois é, 'miga. Pois é.
Mas sabes uma coisa, já me preocupei mais com isso. Ando muito mais na minha agora. Aliás, não admito a ninguém este meu lado de camionista de "sandalete"...
;)