30.4.07

Qual é o boi??

A minha terra é terra de Touros. Na minha terra, há largadas, entradas, saídas, marradas, picarias, cornadas, estucadas, touradas, forcados, toureiros, praça, tronqueiras, areia, cavalos e bois. Na minha terra, também há conversas deste género: - Atão, mas qual é o boi? - Migo, queres mesmo que responda? Ahhh…. Com tanta gente aqui, é impossível saber. - O quê? - Touro. Queres dizer touro. - Qual a diferença? - Bem, o touro é aquele preto que anda ali às voltas. - E por que é que há só um? Dois não seria melhor? - Ahhh… Não. Mais do que um e já é uma manada. Manadas não prestam para uma largada. Há força nos grupos e eles em grupo, não fazem nada porque não se têm de defender individualmente. Por isso é que eles marram e correm e investem. Para se defenderem. - Ahhh…. Atão e porque é que este não marra? - Porque é manso. - Atão deviam de lá meter mais um! Ajudava! - Ahhh… não. Atrapalhava. (mais tarde…) - Vês! Estão a meter mais touros! É por aquele ser manso? - Ahhh…. Não. Aqueles são cabrestos. Largam-nos para recolher o touro. A tal coisa da manada… - Atão, mas aquele é preto e tem cornos! É touro! E corre mais do que o outro! Deve ser mais bravo! - Ahhh… bem… pois… realmente. Poupava-se muito se apenas se largassem cabrestos. Mas não. Eles não fazem mal. Vês? O pessoal nem foge. - Malucos! Malucos! Alguma vez eu ia para ali! - Pois. Isso é que tu fazes bem. - Qual é o touro outra vez? (mudei de assunto e prontes.) E destas: - Olhe, menina. Vai ter que ter cuidado quando vier o touro. É que nós vamos daqui a correr para cima da tronqueira e você pode cair… - Olhe você. Você é que tem de ter cuidado por onde vai. (aqui, comecei eu a sorrir visto estar a ouvir a conversa e a mesma me estar a interessar pelas razões óbvias) Vem de lá o touro. O homem lá corre para a tronqueira. A menina mal se mexe, obrigando o homem a um desvio de ultima hora que lhe podia ter custado uma cornada. - Atão você não nos deixou subir?!?! Você sabe onde está??? Veio para aqui… sabe onde está?? Sabe o que é uma largada???!!!! - Desculpe. Sei sim! Mas podia ao menos ter pedido licença antes. Ser mais simpático!!! - O quê?!?!? - E eu sou aqui da terra ao lado. Sei muito bem o que é uma largada! - Desapareça-me é da frente antes que venha parar cá abaixo!!!! “$#%BVS! Merda da =(“#&”%%#”T#=”!!!!! (ria-me eu, baixinho, enquanto rezava que viesse o touro para a menina aprender da forma mais rápida como se desce de uma tronqueira na minha terra…)

4 comentários:

x-prep disse...

Chamou-me à atenção o nome e vim cá ver do que se tratava...
Gostei!

Me disse...

Seja muito bem-vindo! O nome... pois... explicação no primeiro post de todos...
O Laxante vai ser alvo de muitas visitas minhas... :) Já lá fui dar uma espreitadela e também gostei.
E, já agora, motas. Pois. Eu é mais à pendura numa R6 preta e linda... o tortuoso lugar do pendura... difícil vida a de quem gosta daquelas coisas de duas só rodas!
Vai passando por cá. Eu vou passando por aí.
Um bom e belo fim-de-semana.
:)

Anónimo disse...

olé!!!!!!!!! Voltei :) ha´uma semana eu sei, mas voltei, foi dificíl meterem-me no avião para regressar, a culpa não foi das pizas ;)mas sim porque Itália é linda, mas as saudades da minha Sofia foram maiores. Cair na dura realidade não foi fácil :) deixar de ver os italianos :( os monumentos italianos :), enfim... tenho de lá voltar...
gabi

Me disse...

compreendo o que dizes... os italianos têm uma ... ahhh... estilo diferente. já passei uns dias na Sicília, em Palermo... têm outra presença :)
Welcome back!!! É bom ter-te de volta :)