6.11.12

Desafio III... tentou-se escrever.

imagem: google

Para este mais recente desafio, havia palavras proibidas. As instruções foram: Escrevam uma história sem usar artigos definidos e indefinidos. Os textos não devem conter nenhuma das seguintes palavras: o, a, os, as, um, uma, uns, umas. 
Ora, aqui a Je, esperta que nem aço, pensou logo: Foda-se. 
A razão do Foda-se? Nunca estudei gramática portuguesa na minha vida (voltei para cá demasiado tarde para essas coisas, pelos vistos). Não fosse listagem e lá teria eu de ir ver e aprender a coisa num instante antes de poder escrever texto. 
Ora, após dois brilhantes falhanços, pensei: E se tentar um terceiro? Eu lá sou escritora como aquela malta que vai ganhando os desafios e que são criativos e imaginativos e conseguem responder aos desafios como se nada fosse? Eu, como já me disseram, no meu melhor, terei algo de "cronista". Cronista e besta. Nem vale a pena lutar contra o destino. Siga!
Ora vejam com o que contribuí para a causa.


Há coisas difíceis de fazer. Escrever, por vezes, é. Escrever com limitações é ainda mais difícil. Para quem não se quer ou se vê escritora e que manifestamente não percebe simples instruções para elaboração de textos, desafios deste calibre são pura tortura. Ainda que agora haja melhor entendimento, mantém-se sentimento de espécie de tortura que impede dedos de fluírem livremente sobre teclado atento, sedento por infindáveis “tack-tack-tack” que dão som à artificial inspiração de alma.
Participar é bom, faz crescer e dá que pensar, dizem.
Participar é, de facto, bom, mas, por vezes, crescer e pensar faz acordar partes cerebrais pouco ou nada utilizadas. E custa. Muito.
Mas, há que participar e enviar texto, cumprindo com pedido tão cuidadosamente feito.
E cumpre-se com clara vantagem de, como se vê, não haver tanto espaço para grandes dissertações sobre coisas mal entendidas e compreendidas, poupando esforço adicional por parte de Júri em compreender coisas mal entendidas e expressadas.
Pensando-se melhor, agora que jeito foi apanhado, talvez se fale mais sobre isto e aquilo, torturando-se tal referido jeito até à exaustão, tal como quem se tortura para se aproveitar dele para nada (de jeito) produzir.
Ou não.
Haja coerência. 

Olé!!!! Falhanços 3 - Desafios 0.
Amanhã saberei qual o IV Desafio... Aguardo ansiosamente para ver o que a minha falta de inspiração me vai obrigar a (não) produzir para o tema escolhido.
E pronto. Assim vão os desafios (desculpem-me...).

4 comentários:

Toni dos bifes disse...

E que bem te safaste ;)

Me disse...

Achas? Naaahhh... foi em desespero de causa!

Peruca de Tule disse...

:)

A PERUCA está na área!

Visita a minha página no facebook: https://www.facebook.com/pages/Peruca-de-Tule/462612690456117

Não te esqueças de deixar o teu "Gosto" para receber novidades...

BeijOoOoOO

Me disse...

Peruca,
De todos os blogs, escolheste este para te promoveres?!?!?!