30.8.10

Mas há mais…


imagem: google


No seguimento de post anterior, aqui fica mais uma bela pérola da minha triste, mas animada, vidinha.

Situação: Ia eu a sair de estabelecimento de diversão nocturna aqui da terra, prestes a atravessar estrada, quando Bueno pára carro ao meu lado e, pela janela do pendura, me atira com o seguinte (sem eu o conhecer de lado nenhum):

Parvalhoso no Carro: Oh, linda! Vem comigo para eu te mostrar o céu!
Pendura ao lado do Parvalhoso no Carro: Não ligues… não ligues…
Eu: O quê?!
Parvalhoso no Carro: O quê? Não queres? Vens comigo e mostro-te o céu!
Pendura ao lado do Parvalhoso no Carro: (baixa cabeça e tapa os olhos)
Eu: ‘Migo. Tens de parar de foder com pitas de 18 anos para perceberes que não levas ninguém, nem tu, ao céu. Agora, faz-me um favor, e siga! (simulando passo de muleta)
Pendura ao lado do Parvalhoso no Carro: Hihihihihihih!! (meio nervoso)
Parvalhoso no Carro (indignado): E eu lá ando a-
Eu: Pois… nem por isso, né? Nem essas?! Sigaaaaaa! (mais um passo de muleta).

Arrancaram e quando carro me passou ao lado, fiz gesto de ferro violino (sou Ribatejana, pazinhos… estas coisas saem-me).

E depois ainda dizem que tenho mau feitio. Eu tenho mas é íman, porra!!
Mau feitio, uma merda, é que tenho. Muito boazinha sou eu!
Ehhhh. 

16 comentários:

K disse...

Realmente......tu 'tás pior do que eu! Mas que bela merda que tu atrais pá! O que não implica que não continues a ter mau feitio! eheheheh

Eu só queria às vezes ter metade das tuas respostas - a maior parte das vezes ignoro, e pronto, não quero ser mázinha ;p

Me disse...

E lá consigo eu não ter mau feitio?!?!
Se me atiram com coisas destas!!!

Ignoras porque não queres ser mázinha? Fazes mal. Devias responder. Ao menos envergonhá-los um cadito. Deixá-los meio roídos, nem que seja por dois segundos.
Queres uma resposta que funciona sempre bem e que, ainda por cima, dá para adaptar?
Basta dizeres: Deves pensar que sou tua Mãe/Filha/etc para gostar de ouvir essas coisas...
Ou:
Deves pensar que sou como a tua Mãe/Filha/etc para ir a já a correr com um gajo como tu...

:)

É má? É.
Mas, porra, pénis me fecundem se gajo algum me deixa calada depois de me dizer uma qualquer barbaridade. Haja igualdade!
Porra!

EGOISTE disse...

Será mesmo que esta técnica funciona????

Tenho de experimentar.

André disse...

Foda-se. Este agora para além de ser uma merda é um imbecil do camandro, passe a redundância.
Tens exemplos piores? Partilha!

K disse...

Ignoro em geral porque simplesmente não considero sequer que mereçam o meu tempo e atenção. É uma questão de nem me dar ao trabalho de responder. Mas sim, de qualquer modo não tenho particular gozo em ser mazinha. Às vezes sai-me qualquer coisa. Depende dos dias e da disposição e de outros tantos factores. ;p

NG disse...

Eu cá ou os mando logo po caralho ou então faço como a "K", ignoro, ignoro e volto a ignorar. Pa mim as coisas só têm a importância que nós lhes damos e merdas dessas pa mim na têm importância alguma e tou-me a cagar. Mas um "vai po caralho" sai-me quase sempre lol!
E volto a dizer: hihihihihihihihihihihihihihihihihi!!!
Mais não digo!

O Tarado disse...

Não fui eu!! a sério que não fui eu. Mas quem é que disse que fui eu? Ai... garanto que nesse dia estava em casa a ler os Maias de trás para a frente. Provem o contrário.

Me disse...

Egoiste,
Qual técnica?
A do Bueno ou a minha?

Me disse...

André,
Achas que depois destes últimos dois exemplos me apetece dar ainda mais exemplos?! Chiça penico - chapéu de coco! Nem pensar!

Vocês é que podiam dar uns exemplos vossos...
:)

Me disse...

K e, já agora, NG,
Nunca ouviram aquela máxima do "Quem não se sente, não é filho de boa gente?"

Mas que raio de teoria é essa sobre o ignorar e deixar passar e não ser mazinha e o camandro?!?!
É por essas e por outras que os paspalhos desta vida continuam a dizer e a fazer as merdas que dizem e fazem!
Mandar um gajo para o caralho depois de ele falar connosco como se fôssemos algumas prostipegas?! Oh, oh!

Também há alturas em que ignoro certas coisas, desde que não haja coisas ditas ou partes apalpadas.
Agora, de resto? Foda-se!!
Se tomam certas liberdades comigo, têm de se aguentar ao resultado!
Temos pena!

"Fraquinhas!"
;)

Me disse...

Tarado,
Claro que não foste tu.
Tu serias no mínimo mais eloquente...
:P

EGOISTE disse...

A técnica do gajo.
Se funcionar tenho de tentar...

O Tarado disse...

Obviamente que o seria.

Eu era algo como...

"Desculpe... pode-me responder a uma pergunta? Está interessada na possibilidade de poder usufruir do prazer da minha companhia, presenteando o facto com a sua, e assim passarmos um bom bocado, quem sabe até desempenhando o acto sexual, vulgo fazer o amor, sozinhos ou acompanhados?"

Ao teu previsível silêncio de estupefacção eu diria logo de seguida:

"Não tenha problema. Eu passo recibo e tenho livro de reclamações!"

:)

Be disse...

Exemplos? Eu ainda esta semana ouvi um piropo dirigido à minha pessoa, feito por uma senhora, que de senhora não tem nada, mas andando... Diz-me ela assim (depois de eu ter desbloqueado a conversa de merda que ela estava a ter... com um: tá muito calor!...)
-Calor... Olha, olha! Se tu cru já és bom, assado ainda és melhor!

:( :S

Não fiz passos de toureio, porque isso queria ela, quanto ao ferro de palmo... isso nem se fala.

Me disse...

Tarado,
"... sozinhos ou acompanhados"????
Huh?
Estarias a convidar para sessão de freaky-freaky a solo???
Fónix! Isso é que é mesmo cobrir todas as bases!

Podias sacar logo do livro de reclamações!

Me disse...

Be,
:DDDDDDDDDDDD

Essa já eu ouvi tantas vezes, assim de soslaio, que já nem ligo. É pirosa e estúpida.
Como aquela da montra... não me lembro bem... Se a montra é assim, então a loja deve ser sei lá o quê. Qualquer coisa assim.

Para a próxima, respondes: Assado? Lindona, para me comeres, tens de me cagar. Pensa lá bem na tua vidinha e depois... call me!

:DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD