27.8.09

Bons regressos...

imagem: google
Podem ir todos barda merda. Ahhh e tal, trabalhar numa empresa de gajos é diferente e tal. Ahhh e tal, trabalhar com homens é diferente e tal. Ahhh barda shit. Quase quinze dias depois de lá estar, já sei mais ou menos “tudo” sobre a vida dos “meus” meninos. Já me confidenciaram as cusquices mais sumarentas do pessoal da empresa; já me enfiaram fotografias do filho nas mãos; já me fizeram resumos de momentos menos dignos uns e de outros… Sei dos hobbies, dos problemas dentários e da infância de uma boa parte deles. Sei onde moram, com quem moram e quem faz o almoço que trazem. Ahhh e tal, os homens e tal. Oh palíz!!! São uns meninos!!! É inevitável que o ambiente seja diferente…Para quem veio de uma empresa só de gajas, uma empresa em que existem 13 homens e 4 mulheres é um cadito diferente. Para além disto, cada gaja está no seu cantinho, cada uma na sua sala tipo open-space (menos a recepcionista), ou seja, não há contacto a não ser que seja necessário (e aqui, por muito que goste das moças, só tenho a agradecer tal destino). A empresa onde fui parar por obra de algum santinho trabalha na área da informática. Ele é software disto, software daquilo; ele é hardwares e servidores e portais e plataformas e tudo quanto mais possa existir. Para além de talentosos no que fazem, os moçoilos são também uns poliglotas do caraças. Ele é chinês, grego, hebraico e uma forma de vietnamita arcaico. Juro-vos, pela saúde da minha orelha direita, que há alturas em que não entendo cu do que aquela gente diz. Eu, ainda por cima, estou na sala dos programadores, querendo isto dizer que tenho um total de 5 gajos que fazem scripts e outras coisas dignas de Óscars durante um dia inteiro, e que, ainda por cima, vão dizendo coisas giras do tipo: dá-lhe fogo e espanca-o até morrer (tradução: mete lá o programa a correr para ver se essa merda funciona). Digamos que passo muito do meu tempo a olhar, como se estivesse noutro planeta, conseguindo identificar apenas cerca de 25% das palavras que usam uns com os outros (por exemplo: eu, tu, drive, programa, cliente, merda, agora não, liga, vai, anda cá, ouve…). E o que faço lá eu no meio daquilo tudo? Para além de ter um cantinho só para mim e uma máquina (não se diz pc ou computador, diz-se máquina) super rápida e boa e um ecrã enorme (tft, explicaram-me), eu sou o departamento de formação. Nem me tratam pelo nome, chamam-me “Departamento de Formação” e pronto. Para além disto, faço companhia aos fumadores quando vão fumar (passam pelo meu “departamento”, mostram-me cigarro e seguem caminho, com olhar vago e distante como se nada fosse. É uma espécie de “flashada” rápida, objectiva e concisa onde se mostra o essencial e mais nada), apanho amigdalites cujos efeitos secundários metem os moçoilos todos a perguntar se não terei apanhado a Gripá algures entre a Recta do Cabo e a Central de Cervejas e vou “ver gajas” numa esplanada depois de almoço (ainda que eles agora me digam que não querem que eu diga que se vá ver gajas porque não é isso que se faz – vai-se tomar café - e porque eles estavam só a brincar e porque eles não são grunhos e sei lá o quê. Que olham, olham. Que têm recebido uma lições para aprender a ver melhor, têm. Fiquei com pena…), onde ouço atentamente enquanto falam mal dos colegas e disto e daquilo, de vez em quando desviando a conversa para o SLB, SCP, FDP, FDS e afins. Ahhh… e trabalho, bem e muito, cumprindo horário e feliz por tal (impressionante…). Admito que estou a adorar. Admito que gosto daquilo. Nem houve dores de adaptação nem nada.
Entrei, apresentaram-me, mostraram-me o meu sítio, recordaram-me o que queriam e deixaram-me estar. E ainda por cima tenho cadeira de escritório com rodas e almofadada nas costas e no rabo (para mim, é uma inovação e upgrade), tenho secretária com gavetas (!!!!) tenho o estádio do Glorioso a 500 metros e o Colombo a 800. Ginásios a 100 e estacionamento (grátis) onde bem entender. E ainda vos tenho a vocês. Que mais posso eu precisar? Bons regressos ao activo, minha gente. Bons regressos.

40 comentários:

K disse...

Ai que saudades tinha eu de te ler ó minha pérola da blogosfera! Delicioso como sempre! Fico feliz que estejas feliz! ti voglio bene!*


(digamos que estás no teu ambiente....no meio do macho que afinal não é assim tão macho...homens! pfff! ;p )

Cristiana disse...

Eles até querem ser diferentes... e conseguem???
Nãaaaaaaaaaaao!

Olha eu trabalho só com um gajo e a segretária do gajo é uma gaja que por acaso até é a ex mulher dele donde resulta que articular conversa com ela sem ir parar as namoradas dele que vou conhecendo uma a uma não é NADA fácil! De vez enquando sou apanhada em embuscadas dela sem dar por isso e dou cada argolada! Antes 15 ou 20 gajos que não tem cabeça para emboscadas tão rebuscadas! Fonix!

Ainda bem que estás a gostar ;) continuação!

(esta nova moda de te comentar é que me arrelia!)

Me disse...

Kapa do meu heart, You happy? Me happy!!!!
(não tarda nada, se é que não sabem já, e tenho estes gajos todos a visitarem-me o blog. Só não sabem a cor das minhas cuecas porque não há nenhum código que dê para pesquisar com programa xpto e sei lá o quê. mas pronto... azares da vida!)
E sim, estes machos, por muito machos, são uns meninos. Eu já desconfiava, mas agora tenho a certeza. O que vale é que não me vêem bem como Gaja-Gaja... graças aos santinhos (e a mim também, né?).
Mas é engraçado... Não ouço falar de certas coisas que prefiro não ouvir falar há uma data de tempo. Digamos que é uma espécie de paraíso mental :)

Cristiana,
Oh linda! Tem que ser assim. Se não, não poderia comentar!! I'm sorry!
Em relação ao teu local de emprego, oh valha-me caredo. Eu definitivamente não teria pachorra. Isso de ex-mulher a fazer de secretária e com ciumes das namoradas... Hmmm... cá para mim a descrição de funções da secretária envolve mais alguma coisita que apenas fazer telefonemas e agendar reuniões... mas isso sou só eu e a minha mente deturpada... (ou não!!!)

Obrigada às meninas pela visita
:)

O Inconformado disse...

Eh pá... estou a ficar com inveja. Será que o teu santinho não me arranja um cantinho ai ao pé de ti? :D hmmm? :D hein? :D

O Inconformado disse...

ah... e tal!

Me disse...

Inconformado,
Terias que comer muito Nestum, pá. Tu não te irias aguentar aqui... Isto não é para cachopos! É para homens de barba rija!!! Com calos nos dedos de tanto teclar!!!

(vá lá atão... manda o cv que vou o que se pode arranjar...)

:P

K disse...

MEzinha adorada coisa fofa do meu coração, quando se não é tipicamente gaja-gaja como nós, os homens vêem-nos como igual e sentem-se muito mais à vontade de partilhar as suas coisas, inclusive aquelas que são consideradas em norma menos macho (e que por vezes não se sentem tão à vontade para compartilhar com os seus comparsas). Fala-se com este e com aquele e chegamos à conclusão que afinal não somos tão diferentes, que eles também têm as suas dores, os seus desgostos, os seus dilemas, os seus filmes e por aí, e que também eles sentem por vezes necessidade de um abraço, de um ombro, de um ouvido. É certo que em geral são muito mais práticos que as mulheres, e não ficam a enfatizar os desgostos, embora também os haja muito gajas que ficam a lamuriar-se ad aeternum por um amor perdido como se tudo mais fosse impossível (um tirinho no meio dos olhos a esta gente é o que eu aconselho; eles e elas!). Mas o que eu tenho gostado nesta minha variedade de amizades é mesmo chegar à conclusão que as diferenças que existem são muito mais impostas pela sociedade, do que outra coisa qualquer. De resto percebo-te; também me falta a paciência para aquela conversa de gaja. Ou como eu costumo dizer, vá, 5 minutinhos aguentam-se, mais que isso dá vontade de estoirar os miolos!

Contudo eu ando cada vez mais gaja, no que concerne a imagem, o que me tem valido elogios rasgados que eu penso ser resultante de uma alucinação colectiva derivada de cereais do pão com efeito alucinogénico. Não obstante, vejo-me cada vez mais gajo no pragmatismo, e na falta de paciência que tenho para elas e para os melodramas de bolso (embora eu ocasionalmente também os faça mas em versão nano!!! uma versão nano são só é menos onerosa, como ocupa menos espaço; tão pouco espaço que rapidamente esquecemos que existe!)

(ontem andei a ler blogues de gajas-gajas. fico sempre assim a espumar pá)


(opá! isto não dava para pôr bideos pá? já me ia dibertir a inundar-te a caixa de comentários de múxica!)

Me disse...

Oube, lá... ou cá... whatever.
Isso de inundares seja o que for não tem jeiteira... sossiquieta que isto aqui é uma casa de paz... (mas já experimentaste mesmo???)

Em relação ao resto, é exactamente como dizes. Tudo é mais calmo... mais prático... mais sossegado, por assim dizer. fala-se mas é noutro tom, com outro tipo de ênfase.
Não vos sei explicar. só quem se vê rodeada de gajos e até se esquece que não há gajas é que consegue perceber e encaixar bem esas diferenças de sexo, sejam elas culturais ou não.
E não se metam para aí com merdas de machismos e de feminismos. Não sou nem contra, nem a favor nem de um nem de outro.
Este ambiente tem é mais a ver comigo. Só isso. Comigo e com quem mais goste das coisas assim.
Em relação a andares mais gaja-gaja... ao menos larga os blogs... ao menos isso. o resto, my precious, continua. alucinação colectiva ou não, tu apanha essa onda e siga prá praia!!!
:)

K disse...

Porra mulher, a cena de ver os blogs não tem nada com andar mais gaja-gaja!! Nada disso! Isso tem a ver com a minha curiosidade mórbida em ler coisas que eu sei à partida que me vão deixar a chamar nomes a meio mundo. É que não há paciência para aquele discurso pá: oh tadinha de mim! oh que ele me deixou! se ainda tivesse um pouco de raiva, vá, mas não, tão todas ali como se fosse o fim do mundo em cuecas! Ou então temos as variadíssimas conversas acerca de inúmeras futilidades que dizem elas serem muito importantes para o mundo feminino. Badamerda!
A cena do gaja-gaja só tem mesmo a ver com andar um pouco mais...digamos...sofisticada. Ou como me dirias tu, mais menina! ;] Mas continua prática e casual e confortável! Que isto não há paciência para tanto!

Ah! E como eu sei do que falas. E mesmo quando eles falam de futebol até mais não (que eu confesso não ligar) é-me mais fácil desligar do que quando tenho uma cambada de galinhas a discutir purpurinas!

hmmmm...acho que estou um bocado ácida hoje!

(ainda não tentei...queres que tente? mas ali só diz imagens!)

Me disse...

pois só diz "imagens"... lembrei-me agora que desliguei essa funcionalidade. devem achar que sou parva, não???
HA!!!

E os blogs era mais de largares... de não te aproximares... eu sei que não são os bloga que te andam a fazer mais "menina", caredo!!!
se tanto tornam-te mais gajo!!
;)

K disse...

Porra, já me estragaste a brincadeira!

Isso de largar os blogues...epá, que queres, às vezes gosto de deambular pelos plogues cor-de-rosa e fazer caras de incrédula e benzer-me e agradecer ao deus em que não acredito por não ser assim!!!!

PKB disse...

Não sabias que os homens podiam ser mais cuscos que as mulheres?! Ora aí tens a prova. Só é melhor trabalhar com eles, porque não têm SPM, M, e as hormonas estão apenas orientadas para uma actividade e pronto. =))

ME disse...

K,
Minha linda, entendo-te.
Acredita que te entendo. Eu faço isso mas é mais em pessoa... ;)

PKB,
Claro que sabia! Algumas das maiores cusquices que tive na vida vieram de homens... mas trabalhar com eles é outra coisa... Agradável, digamos.
Eu gosto!!
E prefiro!!! Sem ofensa a ninguem, claro...
:)

ME disse...

Foda-se... estive a ver os comentários que são enviados por e-mail aqui pelo JS-Kit raio que o parta...
Vocês podem eliminar, mas eu recebo na mesma!! Com o blogger tb era assim...ok, mas aqui é muito mais fixe.
E em relação a comentar em si, escrevam o vosso nome no lugar do "Guest" e siga para bingo (como eu estou a fazer agora).
Afinal, não é assim tão complicado, pá.
ACHO que estou a gostar... vamos ver...
Bom fim de semana para quem por aqui passar.
BEIJOS!!!

Me disse...

E após login naconta do JS-Kits raio que o parta... lá tenho imagem!!!

Coisa gira.

Oh, well. Passada a tesão do mijo,podemos continuar viagem aqui no estaminé?
Podemos pois.
:)

K disse...

Opá, em pessoa perco mais facilmente a paciência. As tipas começam a cacarejar e eu só desejo pôr-me a milhas!

PKB disse...

Por acaso trabalho com 3 mulheres. Mas damo-nos bem. Agora, já trabelhei PARA mulheres e foi uma bosta! Ufff.... Deusmalivre!

Me disse...

Ahhhh, mas em pessoa é mais divertido... Fazemos aquela cara do "WTF???" e elas olham-nos do alto da sua suposta superioridade e depois basta um sorriso ou um olhar do tipo "O quê? O que é que foi? Conheço-te? 'Tás a olhar para onde, pá?" e a coisa morre. É uma espécie de bate pé - perde quem se acagaçar primeiro...
Nos blogs... a não ser que deixes comentário daqueles assim bem saborosos...

Haveriamos de fazer isso... Ooooohh!!! ooooooooohhhh!!!!! Arranjar nicks parvos e andar nos blogs a ser gaja-gajinha e depois relatar a coisa!!!
OOOOOoooooooooooooooooooooooooohhhhhhhhhh!!! OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!! Butes!!!!!!

K disse...

E porque eu hoje estou um mimo só deixo-te, e dedico-te, a letra de uma música, da Melody Gardot, pela qual me apaixonei recentemente. Presumo que a parede de fogo não te deixe ver videos no youtube, mas quando puderes procura!


If the stars were mine
I'd give them all to you
I'd pluck them down right from the sky
and leave it only blue
I would never let the sun forget to shine upon your face
so when others would have rain clouds you'd have only sunny days
If the stars were mine
I'd tell you what I'd do
I'd put the stars right in a jar and give them all to you

If the birds were mine
I'd tell them when to sing
I'd make them sing a sonnet when your telephone would ring
I would put them there inside the square, whenever you went out
so there'd always be sweet music whenever you would walk about
If the birds were mine
I'd tell you what I'd do
I'd teach the birds such lovely words and make them sing for you
I'd teach the birds such lovely words and make them sing for you

If the world was mine
I'd paint it gold and green
I'd make the oceans orange for a brilliant color scheme
I would color all the mountains, make the sky forever blue
So the world would be a painting and I'd live inside with you
If the world was mine
I'd tell you what I'd do
I'd wrap the world in ribbons and then give it all to you
I'd teach the birds such lovely words and make them sing for you
I'd put those stars right in a jar...and..........
give them all...to you.......

Me disse...

Bolas. Muito bonito. mesmo.
Daqui a bocado procuro para ouvir um cadito.

E por acaso, you tube é na boa
:) só coisas que seja preciso inscrição é que não se pode.

Obrigada por enviares isto. Fez calorzinho no coração
:)

K disse...

Ó querida, mas a questão é que eu pouco ou nada consigo falar com elas. Começo logo aflita à procura do grupo de gajos mais próximo!

Mas tu queres fazer o quê? E tu achas mesmo que eu consigo ser gaja-gajinha?! Quanto muito conseguiria era meter nojo! Às vezes dá-me tanta vontade de lhes gritar um acorda para a vida! Mas como eu sei o que é que a casa gasta e falar para paredes parece-me uma perda de tempo e energia, fico caladinha no meu canto. Ademais, eu gosto de assumir o que faço com a identidade que tenho. Fora um comentário ou outro que fiz sob forma anónima mas identificando-me para quem interessava, mandar bitaites resguardando-me no anonimato não se coaduna comigo. Nem gozar com as pessoas. Que queres? Sou assim, cheia de ética.

E não tens que agredecer a música! Foi dada com muita vontade! É daquelas coisas doces, que me deixa bem, e que tenho vontade de oferecer a quem me habita o coração. Lá está, porque é tão bonita e mostra que afinal gostar e darmos é algo tão simples e tão bom! Porra que não tarda ainda estou para aqui a chorar de emoção pá!

tcp disse...

Ainda não atinei com esta caixa de comentários, mas pronto!! Sou um cadito dahhh!!!

Quanto a trabalhar com homens, eu sempre tabalhei rodeada deles e não tenho razão de queixa!

Beijoca

tcp disse...

Ainda não atinei com esta caixa de comentários, mas pronto!! Sou um cadito dahhh!!!

Quanto a trabalhar com homens, eu sempre tabalhei rodeada deles e não tenho razão de queixa!

Beijoca

Me disse...

Hello tcp!
Os comentários são fáceis... onde diz "Guest", escreve simplesmente o teu nick, depois escreve o teu comentário e depois clicka a "post". Simples, directo e barato.
:)

Eu nem sempre trabalhei com homens... aliás, tem havido uma enorme predominância de gajas e mulheres. Tendo por base que houve sítios em que eu, pela atitude e postura, era considerada o "homem" do grupo, digamos que agora ser a menina ou gaja do grupo é algo de novo, estranho, mas, ao mesmo tempo, agradável.
Razões de queixa? Por enquanto, não.

Espero que não tenhas mais problemas com os comentários.
:)

Me disse...

Vamos lá ver se esta coisa do yiútúbí funcemina...

<object width="320" height="265"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/RiirhEu8G0Y&hl=pt-br&fs=1&rel=0&color1=0x5d1719&color2=0xcd311b"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/RiirhEu8G0Y&hl=pt-br&fs=1&rel=0&color1=0x5d1719&color2=0xcd311b" type="application/x-shockwave-flash" width="320" height="265"></embed></object>

Me disse...

YEAH!!!!!!!!

AVISO À NAVEGAÇÃO!!!! E NÃO ESTOU A ABRINCAR!!

NO SEGUNDO QUE AQUI DEIXAREM MERDAS SEM JEITO, FECHO ESTA MERDA!!! E SE FOR PARTICULARMENTE MAU, FECHO MAS É OS COMENTÁRIOS TAMBÉM!!!

Vá, ouçam a musiquinha que é mui bonita e tirem da cabeça ideias parvas de merdas sem jeito.

Não me façam arrepender-me de activar esta merda.

MAU!!!!!!

K disse...

mas deixar músicas bonitas posso, não posso? deixas a mim? mas porra, já perdi a oportunidade de te deixar aquela linda de ontem!

e bigada minha linda! deixas-me afinar-te como se fosses um piano de cauda?! ahahahahahahahahahahah

Me disse...

É, é... vai-me dando com força nas teclas e depois diz que ficas com dores nos dedos...

Podes deixar o que entenderes... confio no teu bom gosto, sensibilidade e, acima de tudo, no teu MEDO aqui ao poder da Administração do OMQ

:P

K disse...

Medo? Que medo?! Respeito pá!!!!

Me disse...

TERROR!!!!

K disse...

Ahahahahahahahahahah! Querias pá!

Olha lá, estou fartinha de olhar para aquela imagem lá em cima. E continuo sem perceber onde é que coloco os videos....

e já agora, como raio é que faço para receber os comentários seguintes?

Me disse...

Copias o link que tá no you tube directamente para a caixa de comentários, tal como farias num post (embed). mais simples que isto, valha-me caredo?
Receber comentários seguintes???? Ahhhh... não te aparece, mesmo aqui por baixo, "FOLLOW"? Tens por lá a opção "E-mail notification"...

Mais alguma coisa?
Também sei fazer uma bruta salada de camarão com frutos do mar! Queres que te explique ou fica para depois???

(foda-se!! tudo eu!!! tudo eu!!)

PKB disse...

Quem é que te anda a deixar comentários de merda? Espero não ser eu, bolas!

K disse...

Quilha-te pá que é para não te dizer fode-te!!!!

Eu já fiz essa opção do follow e o resultado foi um mail tipo spam a dizer que tinha ganho não sei quanto dinheiro! Tu não me obrigues a falar mal!!!!

E quando não se tem a certeza pergunta-se né?? Eu sou meio gajo mas não exageremos!!!

K disse...

Então vamos lá experimentar....uma músiquinha muito upbeat e bem disposta que me anda no ouvido, embora eu saiba que isto é daquelas pastilhas elásticas cujo o sabor rapidamente desaparece sem deixar rasto nem lembrança. Giro como isto também se aplica a algumas pessoas!!!! (não tu!!!)

<object width="560" height="340"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/4BJDNw7o6so&hl=pt-br&fs=1&"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/4BJDNw7o6so&hl=pt-br&fs=1&" type="application/x-shockwave-flash" width="560" height="340"></embed></object>

Me disse...

'Tás a ver como conseguiste, minha trenga???? HA!!!

PKB,
Que eu saiba também não andam a deixar comentários de merda por aqui, mas com esta gente nunca se sabe... ;)

K disse...

Eu não sou trenga!!!!!

Me disse...

LOOOOOOLOLOL!!!
Denial... denial.... denial....

K disse...

É isso minha querida. Quilha-te!!!

Me disse...

Vá, sossega que há postagem nova...
(Quilha-te tu oh meloa azeda!!!)